Cisabes e Funasa iniciam monitoramento de qualidade da água em Guaçuí

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
25 de fevereiro de 2021

A equipe do Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico do Espírito Santo (Cisabes) e Fundação Nacional de Saúde (Funasa) chegou a Guaçuí, nesta quarta-feira (24), para realizar pela primeira vez coletas e análises para monitoramento de qualidade da água das Estações de Tratamento do município. O monitoramento conta com o apoio do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Guaçuí (SAAE/Guaçuí) e da Administração Municipal. A ação contará com a Unidade Móvel de Controle da Qualidade da Água da Funasa, que possui todo o material necessário para fazer as análises de parâmetros exigidos pela legislação, tais como PH, Turbidez, Cloro, Cor, Flúor, Ferro, Manganês, Coliformes Totais, Escherichia Coli.

A química do Cisabes, Ludimila Zacché, é a responsável pela ação. Ela deu início à visitação e as coletas das amostras na Estação de Tratamento de Água (ETA) do Cristo nesta quinta-feira, e hoje (25) segue com o trabalho nas ETA’s de São Pedro de Rates e São Tiago. Para a realização desse monitoramento, a Funasa disponibilizou o seu laboratório móvel com capacidade de realizar as análises nas amostras coletadas.

Visita à Prefeitura

Assim que chegaram na cidade, o representante da Funasa, Jorge, e a química do Cisabes, Ludimila Zacché, fizeram uma visita à Prefeitura de Guaçuí. Os dois se reuniram com o prefeito Marcos Luiz Jahuar, que elogiou o comprometimento do Cisabes e da Funasa na busca pela excelência da qualidade da água distribuída pelo SAAE para a população. “Se preocupar com a qualidade da água e também zelar com a qualidade de vida dos munícipes. Por isso, agradeço por esse monitoramento que será feito em Guaçuí”, destacou o prefeito.

Logo em seguida, o representante da Funasa participou de uma reunião com o secretariado do município, acompanhado do diretor do SAAE/Guaçuí, Renan Brasil. O assunto tratado foi a inserção do município no Sistema de Regulação, para atendimento a exigências da Legislação Federal

Mais